Escolha o seu país
Fechar

Plano de Recuperação e Resiliência: Transição Digital

Página Inicial > Novidades > Notícias > Plano de Recuperação e Resiliência: Transição Digital
Plano de Recuperação e Resiliência: Transição Digital
Notícias
Setembro 15, 2021

A Transição Digital enquanto parte do PRR

O Plano de Recuperação e Resiliência foi organizado em 20 Componentes que integram, por sua vez, um total de 37 Reformas e de 83 Investimentos. No total, as reformas e os investimentos, absorvem 16.644 milhões de euros de financiamentos do PRR, distribuídos por 13.944 milhões de euros de subvenções (84% do total) e 2.700 milhões de empréstimos (16%).

As vinte componentes e as respetivas reformas e investimentos estão agrupadas no PRR em torno de três dimensões estruturantes: a Resiliência, a Transição Climática e a Transição Digital. Em termos gerais, está previsto que o Plano de Recuperação e Resiliência totalize um total de cerca de 14 mil milhões de euros provenientes de fundos da União Europeia através de subvenções a fundo perdido e 2,7 mil milhões de euros em empréstimos.

Relativamente à dimensão da Transição Digital foram consideradas 5 Componentes, pretendendo responder à necessidade de dispor de estruturas digitais eficazes para assegurar a desmaterialização de aprendizagens, transações e processos e possibilitar o trabalho remoto assegurando, de forma inclusiva e com ganhos estruturais e de eficiência relevantes, a transformação que já estava em curso neste domínio. A aposta, focada na escola, nas empresas e na administração pública, pretende contribuir decisivamente para um país mais competitivo e com menos custos de contexto, estando em linha com as orientações da Comissão na Comunicação sobre a Construção do Futuro Digital da Europa e do Pacto Ecológico Europeu.

Esta dimensão concentra 15% do montante de investimentos previstos no âmbito do PRR nacional, complementados com investimentos desta mesma natureza em componentes da dimensão da Resiliência, sendo que nestas Componentes serão adotadas 7 ações de reforma e implementados 17 investimentos.

A Dimensão da Transição Digital conta com uma Dotação Orçamental de 650 milhões de euros, até 2025 (50M€ ainda em 2021)

Um dos destaques da Ayming Portugal vai para a Componente 16, relativa à Transição Digital das Empresas (Empresas 4.0).

Esta componente, dirigida especificamente ao reforço de digitalização das empresas, tem como objetivo recuperar o atraso relativamente ao processo de transição digital, permitindo o acesso ao conhecimento e aos meios tecnológicos digitais que promovam:

  • a modernização do trabalho e dos processos de produção;
  • a desmaterialização dos fluxos de trabalho;
  • a mitigação dos défices de competências na utilização das tecnologias digitais; abranger de forma equilibrada mulheres e homens;
  • a incorporação de ferramentas e metodologias de teletrabalho;
  • a criação de novos canais digitais de comercialização de produtos e serviços, a adoção de uma cultura de experimentação e inovação, o reforço do ecossistema de empreendedorismo nacional e a incorporação de tecnologias disruptivas nas suas propostas de valor das empresas.

A Ayming Portugal está disponível a ajudar a sua empresa a identificar o enquadramento dos seus projetos nos Fundos atualmente disponíveis, bem como na elaboração e apresentação duma respetiva candidatura a estes mecanismos.

Mostrar comentários

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *